quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Leva de sentimentos

Hoje ela estava com as vistas turvas
Dores de cabeça com leves pontadas do lado direito
Não quis levantar-se e ver a cara do mundo...
mas ainda assim, tentou...

... foi!

Ela leu
Ouviu suas músicas prediletas
tais que a transportam a reviver dias doces
Foi à aula de fotojornalismo
Assistiu desassossego
Conversou com pessoas, cujo a mesma linha de pensamentos formam casadinhos

Sorriu...

Procurou notícias interessantes
Fez download de filmes
Teve boas notícias com relação ao trabalho
Leu - novamente - coisas que se assemelham com teu estado emocional
Ouviu uma linda canção

pensou: por hoje é isso!
Boa noite à leva de sentimentos que um dia - quem sabe - irão ser bobagem pouca/besteira.




video
I'll try Anything Once, Demo - Julian Casablancas


segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Os fatos que a incomodam

Fatalmente as verdades aparecem quando estamos totalmente desolados. Esperar algo das pessoas é como esperar que a noite seja dia e o dia seja noite. Realmente as palavras sábias de uma grande referência fazem mais sentido do que quando foram ditas. Ela, então, não quer que a acidez de seu estômago a transporte para o gelo do coração, mas é assim que tem sido em seus dias sem certezas.
Ela tem tido desilusões o bastante para que trate o mundo com a mesma indiferença que tal a tem tratado, mas não... ela simplesmente se manterá solta dentro de si, enquanto os outros estão presos do lado de fora. Será que ela está tão exigente assim? Será que nada fará seu coração bater forte e seus olhos brilharem? Está tudo tão frio, efêmero, sem essência! Nada mais a interessa intensamente, talvez por que ela já saiba o final de cada história nesse verdadeiro sitcom.

"Penso que dentro da minha casca não tem um bicho: tem um silêncio feroz".
- Manoel de Barros.